Menu horizontal

Postagens recentes

quarta-feira, 23 de maio de 2012


Honestidade.
Revelar quem você realmente é.
A desonestidade é como uma placa bacteriana corrói uma amizade, casamento, relacionamento familiar ou profissional.
Se quisermos ser pessoas capazes de amar precisamos falar e agir com  verdade.
Francamente, precisamos admitir que nem sempre é fácil dizer a verdade. Por exemplo, dizer ao marido que gastou o dinheiro de pagar a conta de luz por não resistir ao impulso de comprar uma roupa ou um sapato. Mentir para a colega dizendo que ela está maravilhosa mesmo tendo odiado o novo corte de cabelo dela. Dizer aos filhos que quando você era adolescente, não namorava nem gostava de festas e bagunças.
Enfim, muitas vezes mentimos ou omitimos algo para nos proteger ou mesmo para proteger alguém, em hipótese nenhuma a mentira é admissível, é sempre melhor dizer a verdade isso nos faz sentirmos íntegros e honestos. Honestidade é não ter medo de olhar nos olhos, pois está revelando quem você realmente é sem a preocupação de ter que ficar arranjando explicações falsas para justificar a mentira contada.
Uma vez que uma mentira gera outra e por mais inofensiva que pareça ser, certamente trará algum prejuízo.
Mentir nada mais é que maquiar uma realidade. Nós sabemos que um dia a verdade aparecerá e a máscara caindo revelará as imperfeições trazendo à luz as marcas da desonestidade. Será que vale a pena?
Cumprir com seus compromissos, manter promessas também é honestidade.
Todo relacionamento deve ser baseado na verdade, algo que começa assim será duradouro e proporcionará felicidade. Ao passo que se tiver sido baseado no engano, dificilmente será restaurado.
Falar a verdade é libertador tanto em termos psicológicos quanto práticos.
Se por algum motivo você mentiu, peça desculpa de verdade. Quanto mais rápido e sincero for o pedido, mais provável é que você seja perdoado e consiga restaurar o relacionamento. 







Um comentário:

Anônimo disse...

Achei muito interessante...
sempre vou ver esse blog..=)